Publicado por: Pedro Tavares | 02/11/2008

Eles vivem!

Campos dos Goytacazes,
02 de novembro de 2008.
Dia de Finados.

Irmãos, neste dia em que rememoramos os nossos queridos companheiros de vida terrena que não mais se encontram a caminho conosco, recebamos enorme conforto: eles vivem! As verdades eternizadas por Nosso Senhor Jesus Cristo, que venceu a morte, alegram os nossos espíritos. Ele nos mostrou que mesmo após a morte do corpo físico o espírito continua vivo.

“E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava dele, dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo, e a nós. 0 Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação? E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez. E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino. E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.” (Lc, 23:39-43)

Quando proferiu estas palavras na cruz, Jesus não só testemunhou a imortalidade da alma, como também afirmou que após a morte, os espíritos continuam trabalhando, uma vez que o paraíso é um lugar de trabalho. “E Jesus lhes respondeu: Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também.” (Jo, 5:17).

É compreensível que nos entristeçamos com a perda de um ente querido. Afinal, o próprio Cristo chorou a morte de Lázaro, ao sentir compaixão pelo sofrimento de Marta e Maria, mesmo sabendo que minutos depois  Lázaro estaria vivo novamente. A distância daqueles a quem amamos poderá nos fazer sentir saudades. “A Saudade é o Metro do Amor” (Clóvis Tavares). Mas tenhamos esperança de que o reencontro será breve. “A morte é simples mudança” (Carlinhos).

Leiamos abaixo a uma confortadora mensagem de Emmanuel, psicografada por Francisco Cândido Xavier.

Eles vivem

Ante os que partiram, precedendo-te na Grande Mudança, não permitas que o desespero te ensombre o coração. Eles não morreram. Estão vivos. Compartilham-te as aflições, quando te lastimas sem consolo. Inquietam-se com a tua rendição aos desafios da angústia quando te afastas da confiança em Deus.

Eles sabem igualmente quanto dói a separação. Conhecem o pranto da despedida e te recordam as mãos trementes no adeus, conservando na acústica do espírito as palavras que pronunciaste, quando não mais conseguiram responder as interpelações que articulastes no auge da amargura. Não admitas estejam eles indiferentes ao teu caminho ou à tua dor.

Eles percebem quanto te custa a readaptação ao mundo e à existência terrestre sem eles e quase sempre se transformam em cirineus de ternura incessante, amparando-te o trabalho de renovação ou enxugando-te as lágrima quando tateias a lousa ou lhes enfeitas a memória perguntando porque. Pensa neles com a saudade convertida em oração. As tuas preces de amor representam acordes de esperança e devotamento, despertando-os para visões mais altas na vida.

Quanto puderes, realiza por eles as tarefas em que estimariam prosseguir e tê-los-á contigo por infatigáveis zeladores de teus dias. Se muitos deles são teu refúgio e inspiração nas atividades a que te prendes no mundo, para muitos outros deles és o apoio e o incentivo para a elevação que se lhes faz necessária. Quando te disponhas a buscar os entes queridos domiciliados no Mais Além, não te detenhas na terra que lhes resguarda as últimas relíquias da experiência no plano material…

Contempla os céus em que mundos inumeráveis nos falam da união sem adeus e ouvirás a voz deles no próprio coração, a dizer-te que não caminharam na direção da noite, mas sim ao encontro de Novo Despertar.

Emmanuel
Psicografada por Chico Xavier

Anúncios

Responses

  1. Pedro, eu me lembrei dessa mensagem hoje de manhã, ao lembrar do dia 02 de novembro.
    Ela é realmente um primor em matéria de espiritualidade.

  2. Linda a mensagem de Emmanuel. É um grande reconforto saber que a morte não existe e que os espíritos amigos continuam ligados a nós pelos laços de amor construídos.
    Parabéns pelo post!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: